quinta-feira, 7 de julho de 2016

EUA pretendem checar redes sociais antes de emitir visto

O projeto que já vem ganhando força desde do ano passado, foi colocado agora em audiência pública e está aberto para receber críticas e sugestões até agosto. A ideia da criação da proposta se dá ao fato, os EUA estarem buscando formas de aperfeiçoar a emissão de vistos para evitar a possível entrada de terroristas.

De acordo com a proposta, quem quiser solicitar o visto de entrada aos EUA, terá que preencher o campo “Por favor adicionar informações associadas à sua presença on-line”, como as redes sociais usadas e o nome de usuário de cada uma delas.

Entretanto, o projeto afirma que o preenchimento dessa parte do formulário será opcional. O documento fala que essas informações serão usadas para ter o contato dos imigrantes e turistas, mas que também podem servir como fator para vetar a entrada no país.

Segundo o Departamento de Segurança Interna, a ação de coletar informações das redes sociais dos viajantes tem como um dos objetivos melhorar os processos investigativos que já existem e fornecer mais claridade no processo.

Além de mostrar possíveis atividade de má índole do viajante. A criação e aprovação desse projeto ganhou força após o ataque dos atiradores de San Bernardino, quando uma das terroristas tinha jurado fidelidade ao Estado Islâmico em postagens antigas das redes sociais, antes de entrar nos EUA.

Fernanda Cordeiro do Panrotas com informações da Folha de São Paulo
Share: