terça-feira, 4 de julho de 2017

Romero Rodrigues justifica contratação de sertanejos para o Maior São João do Mundo

Durante a realização do III Fórum de Turismo de Campina Grande, que contou com a participação de jornalistas da Abrajet-PB, o prefeito da cidade, Romero Rodrigues, afirmou, a respeito da participação de cantores de outros gêneros musicais, a exemplo do sertanejo, que "Não pode haver uma reserva de mercado, é necessário ter atrações nacionais. Nem todo mundo é obrigado a gostar de forró. Não houve descaracterização do São João. E tem uma festa paralela em Galante, com o pé de serra e opção de passeios durante o dia".

Como exemplo de sua afirmação, o prefeito Romero Rodrigues relatou casos de artistas paraibanos como Pinto do Acordeon que fizeram shows "Praticamente  para os vendedores de cerveja".

Sobre o sistema de PPP (parceria público-privada) com a empresa pernambucana, considerou-a um sucesso, trazendo uma economia de R$ 5 milhões aos cofres públicos, e que este sistema tem grandes chances de ser mantido para a edição de 2018 do Maior São João do Mundo.

Redação fabianovidal.com
Foto: Thomas Bruno
Share: